Agir – Mesa Para Dois

Jardins eles são da cor
Da cor dos olhos teus
Olhos feitos de amor
Amor que aconteceu

Conheço os teus recantos
E sei bem quantos são
Amassos vão-se dando
Se tu me dás a mão

Mão é ninho
Ninho é casa
Casa comigo

Eu levo o vinho
Que te acalma
Se eu não consigo

Põe a mesa p’ra dois

Hoje eu volto a casa
P’ra não mais sair
Trouxe as minhas tralhas
Guarda uma gaveta para mim

Hoje eu volto a casa
P’ra não mais sair
Trouxe as minhas tralhas
E uma vida que fala por si
Guarda uma gaveta para mim

Mão é ninho
Ninho é casa
Casa comigo

Eu levo o vinho
Que te acalma
Se eu não consigo

Põe a mesa p’ra dois

Hoje eu volto a casa
P’ra não mais sair
Trouxe as minhas tralhas
Guarda uma gaveta para mim

Hoje eu volto a casa
P’ra não mais sair
Trouxe as minhas tralhas
E uma vida que fala por si
Dei a vida p’ra chegar aqui
Guarda uma gaveta para mim

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *