António Zambujo – Lote B

Já nem sei porquê
guardei pra mim
Talvez porque me soava tonto
Dito ali
Ao espelho enfim
Ficava assim
Sabendo a pouco

Nas palavras
que pra ti escolhi
Nunca achava nada novo
E por nada achar senti
Que um dia sim
Estaria pronto

E só com uma voz
e uma guitarra, eu fiz
Parar a rua inteira
Parar a rua inteira
Vim tocar pra ti
Uma canção que te escrevi
Quando alguém me diz:
“O teu amor não mora aqui!”

Fiz canções
Que me soavam bem
Que encantavam quem as ouvia
A cantar imaginei
Nós mais além
Como seria?

Pelo mundo todo
Te cantei
E voltei a passar aqui
Terás filhos,
Estarás bem
É que ninguém
Sabe de ti

E só com uma voz
e uma guitarra, eu fiz
Parar a rua inteira
Parar a rua inteira
Vim tocar pra ti
Uma canção que te escrevi
Quando alguém me diz:
“O teu amor não mora aqui!”

…e a vizinha diz:
Toca essa canção pra mim…

E foi então assim…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *