B Fachada – Namorada

Namorada, mal eu ponha algum dos teus vestidos
Dou-lhe umas voltas e ficamos os melhores amigos
Eu sou compreensivo e sou excelente conversa
O cabelo mais bonito, coroa da mais linda testa

Namorada, mal eu cobre algum dos meus desejos
Dou-lhe umas voltas e ficamos ambos interesseiros
Cais-me em cima por nada e aí é que eu me rebolo
Antes uma das tuas que 20 ou 30 das a solo

Vamos passear a pé, de pernas encostadas
Regatear beijinhos, trocar umas dentadas
Apalpar cinturas, desafiar mamocas
Que isto a vida não é só ou de pipis ou de pipocas

Namorada, mal eu ponha umas das tuas calças
Reparas logo como eu tenho um “granda” cu de gaja
Umas vezes erótico, outras vezes patético
E por mais metafórico não é um rabo poético
No entanto com pouco consegues impossíveis
Não há coro mais brando para namoros mais incríveis

Vamos passear a pé, de pernas encostadas
Regatear beijinhos, trocar umas dentadas
Apalpar cinturas, desafiar mamocas
Que isto a vida não é só ou de pipis ou de pipocas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *