Lamparina e A Primavera – Não Me Entrego Pros Caretas

Derramei
Tu vais me achar
Que esse povo é raso, amor
Que esse povo é raso, amor

Vem, vem, vem
Que eu tô facin, facin demais
Que eu tô facin, facin demais

Mas não me entrego pros caretas, caretas, não
Mas não me entrego pros caretas, caretas, não
Ele não, não

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *