A música, Brasil & Portugal | Mais 7 duetos luso-brasileiros

Até pode ter sido já em 2017 a última vez que compilámos duetos entre Brasil e Portugal, mas a verdade é que eles nunca deixaram de acontecer e as misturas de géneros e timbres têm sido cada vez mais diferenciadas.

Nós da Aldeia temos mesmo um carinho especial por essa junção de sotaques, pronúncias e vocabulário e achamos que só temos a ganhar quando a língua portuguesa se une para expor lado a lado as suas diferenças, que apesar de parecer paradoxal, nos mantêm ainda mais próximos. É como um confronto, mas aqui todos ganham.

A Internet com as suas lives, video-chamadas, redes sociais cada vez mais desenvolvidas e dinâmicas de forma horizontal, proporciona não só que os artistas se conheçam mais, como fazem com que o público interaja com os ídolos e entre si. Estas parcerias já renderam novos públicos e atuações para ambos os lados do Atlântico e milhões de visualizações que nos orgulham e enchem o coração.

A lusofonia é linda, “a [nossa] Pátria é a língua portuguesa” e nós continuaremos a percorrer lindos caminhos juntos. Vem ver!

1) HMB & Emicida partilham o tema “Estrela Brilha” no seu álbum Mais (2017):


Quando questionado sobre o porquê da participação do rapper brasileiro nesta música, o grupo respondeu “A música Estrela Brilha tem um certo sabor a Brasil e nós gostávamos de ter alguém que pudesse ajudar a complementar isso. (…) Falámos com ele, enviámos a música para ele ouvir, ele gostou dela e fez-nos várias perguntas acerca do significado da mesma, (…) Depois gravou a parte dele que foi completamente ao encontro do que procurávamos. Mais uma vez: quando o talento existe, tudo se torna mais fácil.”

2) Tiago Bettencourt convida Vanessa da Mata para o tema “Diz Sim”:

É o único dueto presente no álbum A Procura, de 2017, e chegou a estar em terceiro
lugar
na lista de audições do mesmo no Spotify, pouco tempo depois do lançamento.

3) ANAVITÓRIA e Diogo Piçarra encantaram Portugal durante muito tempo com a doce “Trevo (Tu)”:

A canção na versão com o cantor brasileiro Tiago Iorc recebeu o Grammy Latino de “Melhor Música em Língua Portuguesa”, em 2017, e o disco de diamante pela venda de 300 mil cópias do single. A versão com o português Tiago Piçarra não ficou atrás e foi uma das mais tocadas nas rádios de Portugal em 2018.

4) Arnaldo Antunes grava DVD em Lisboa e convida Carminho para partilhar o clássico “Vilarejo”:


Gravado em show no Teatro São Luiz, em Novembro de 2016, o DVD Ao vivo em Lisboa tem, para além da fadista, intervenções dos cantores lusitanos Hélder Gonçalves e Manuela Gonçalves. Esta canção foi lançada há 14 anos na voz de Marisa Monte e nunca havia sido registada por Arnaldo em CD e/ou DVD, até fazê-lo com Carminho.

5) Salvador Sobral convida Tim Bernardes para uma interpretação descomprometida da sua “Anda Estragar-me os Planos” e encanta a Internet:

Sobre a sua apreciação pelo cantautor brasileiro, o cantor português revelou: “Sou um admirador profundo do Tim Bernardes, da sua linda voz, das composições, arranjos e sensibilidade. Adoraria cantar com ele um dia. CHEGOU O DIA!”. A reciprocidade aconteceu e Tim Bernardes confirmou que passou momentos muito agradáveis com Salvador Sobral e que “além de um grande cantor português, um sujeito de um astral muito incrível e especial”. Nós celebramos!

6) Fernando Daniel foi extremamente feliz ao convidar os Melim para partilhar a sua “Se Eu”:

O dueto com os brasileiros teve uma performance bombástica na Internet. Apenas 1 dia depois do lançamento contava já com quase 400.000 visualizações no YouTube, estava no primeiro lugar do top de singles do iTunes e levou Fernardo Daniel ao top de trends do Twitter.

7) Feminilidade em português com o refrão de Mallu Magalhães no tema “Planetário”, da rapper portuguesa Capicua:

A letra foi partilhada pelas duas, sendo que Mallu Magalhães também dá uma ajuda na guitarra e o beat é de Stereossauro. ‘Planetário’ foi lançado nada mais nada menos do que no dia de aniversário de Capicua, o que nos faz acreditar que a canção será tão especial para ela quando é para nós.

E por aí, qual é o seu dueto favorito dos que apresentamos aqui? E de sempre? O que você acha destas parceiras? Partilhe connosco as suas opiniões e viva a língua portuguesa! Viva!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *