Expensive Soul – Incertezas

Se é difícil, tu consegues
Se te está no sangue, tu não negues
Entrega-te agora, não me deites fora
Eu sinto que vim ao mundo só por ti
Se é impossível, tu consegues
Se te está no sangue, então não negues
Esquece o critério, leva-me a sério
O tempo nos salva ou nos mata por aqui

Não vou ficar mais à espera
Que o filme, marcha, enterre
Que está prestes a acabar
Isto pode ser o início
Vou riscar mais aquele disco
Para poder relembrar

Bom dia querida, ‘tou de saída
Levo comigo o bilhete só de ida
Vou-me embora agora
Só não sei se é de vez
Ou é mais uma vez
Respiro bem fundo e conto até três (Vês)
Tu sabes que algo tem que mudar
Eu quero ficar, mas do jeito que estamos
Assim não vai dar
Não sei porque é que tu
Me partes sempre o coração
E eu não entendo, não entendo porque
Se tem dias que me liga a toda a hora
A dizer que me adora, que não vive sem mim
Quer passar o resto da vida dela ao meu lado
Depois faz-me sentir assim
Submisso às ideias dela, aos comportamentos dela
Só existe: Ela, ela. Mas nunca me pinta na sua tela
Fico confuso com todo este abuso
Usa e abusa do jeito que quer
Só peço que sejas a minha mulher a tempo inteiro
Amor verdadeiro não é pedir muito, aliás
Não é pedir nada, querida
Não te sintas sequer ofendida, amigos na mesma

Não vou ficar mais à espera
Que o filme, marcha enterre
Que está prestes a acabar
Isto pode ser o início
Vou riscar mais aquele disco
Para poder relembrar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *