Eduardo Sereno – Flor

Letra da música Flor, do cantautor brasileiro Eduardo Sereno

Por vezes eu sinto teu cheiro
Na sala, no quarto, cozinha, varanda
No meu travesseiro
Não importa onde eu for
Esse cheiro de flor tem um quê de faceiro
Feito cangaceiro
Me amarra, judia
Me envolve da canseira
E me peito varou.

Oioiô, eu fiquei sem sal
Eu corri pro mar e morri na areia
Provei o aço do embaraço da tua teia
E pra te esquecer
Ainda vou levar uma vida e meia

Facebook

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *