Barões (Os Filhos do Rock) – Até Sempre

 

Letra:
Até sempre, espero encontrar-te outra vez
Gostava de estar mais contigo,
Mas oiço a locomotiva a chamar.

Até sempre, a tua pele faz-me derreter
O teu sorriso é contagiante
Mas tenho um pássaro em mim que quer voar

Eu ri a noite fora, quase a sucumbir
Em busca de um cantinho onde eu pudesse dormir
Quando eu te vi passar gingando no ar
Surgiste assim do nada mas não há nada a fazer
Eu tinha a minha armada por abastecer
Lançaste-me os dedos e eram como velas a ferver

Até sempre, espero encontrar-te outra vez
Gostava de estar mais contigo,
Mas oiço a locomotiva a chamar.

Até sempre, a tua pele faz-me derreter
O teu sorriso é contagiante
Mas tenho um pássaro em mim que quer voar

Eu queria me esquecer dos quartos sem luz
Onde a agulha circula e a colher seduz
Foi um raio do inferno quando olhei a volta e me vi só
Então o teu olhar deu-me lindas lições
As tuas palavras eram constelações
Agora tenho de ir, é cedo para apertar o nó

Até sempre, espero encontrar-te outra vez
Gostava de estar mais contigo,
Mas oiço a locomotiva a chamar.

Até sempre, a tua pele faz-me derreter
O teu sorriso é contagiante
Mas tenho um pássaro em mim que quer voar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *