B Fachada – O Desamor

Fomos à Escócia e voltamos
Loucos por ficar a sós
Fomos mas nunca chegamos
A sair do meio de nós

Mas a Escócia que gostamos
Capadócia que cavamos
Não nos deu o que esperamos
Quando pensamos ser avós

Fomos à Escócia e deixamos
Três amores cada um
E o que da Escócia tiramos
Foi estar sem amor nenhum.

Ir e vir foi um regalo
O desamor sei forçá-lo
Mas se tão longe o buscamos
Perto já tinha havido algum

Não me leves tu a mal
Não me tentes convencer
Que o que havia em Portugal
Não chegava para saber

Dei-te um mês da minha vida
E um mês é de valor
E tu podes ser bastante querida
Mas não é preciso dor para provar o desamor

Por desamarmos deixamos
Seis amores em ter dó
E agora que regressamos
Não sei se nos sobra um só

É que havia certa esperança
Que podia ser só dança
Mas afinal a bonança
Era apenas beijo em pó

Não me leves tu a mal
Não me tentes convencer
Que o que havia em Portugal
Não chegava para saber

Dei-te um mês da minha vida
E um mês é de valor
E tu podes ser bastante querida
Mas não é preciso dor para provar o desamor

BOTAO-SEGUE2

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *