2DE1 – Mentolado

Não fala nada, se deixa ver
A palavra esconde o que a gente não quer ser
Você parece tão normal

Me dá um cigarro e “vamo fudê”
Eu te conheço bem melhor do que você
Você parece tão normal, tão normal

Você é de mim como um beijo ou um grito animal
Uma vontade imensa de ser do mar o sal
Eu te seria um sonho, eu te seria um sonho
Um começo, um final

Me lambe a lágrima pra acender
O salgado puro que eu te deixei ver
Você parece superficialmente tão normal

Me lambe a lágrima pra acender
O salgado puro que eu te deixei ver
Você parece superficialmente tão normal
Tão normal

Mais da Aldeia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *