Marcelo Camelo – Despedida

Eu não sou daqui também, marinheiro
Mas eu venho de longe e ainda
Do lado de trás da terra, além da missão cumprida
Vim só dar despedida

Filho de sol poente
Quando teima em passear
Desce de sal nos olhos
Doente da falta de voltar

Filho de sol poente
Quando teima em passear
Desce de sal nos olhos
Doente da falta que sente do mar
Vim só dar despedida

Mais da Aldeia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *