Emicida – Chapa ft. Batucaderas do Terreiro dos Orgãos

Letra da música Chapa, do rapper brasileiro Emicida.

Chapa, desde que cê sumiu
Todo dia alguém pergunta de você
Onde ele foi? Mudou? Morreu? Casou?
Tá preso, se internou, é mesmo? Por quê?

Chapa, ontem o sol nem surgiu, sua mãe chora
Não dá pra esquecer que a dor vem sem boi
Sentiu, lutou, ei “Jhow” ilesa nada,
Ela ainda tá presa na de que ainda vai te ver

Chapa, sua mina sorriu, mas era sonho
Quando viu, acordou deprê
Levou seu nome pro pastor, rezou
Buscou em tudo, Face, Google, IML, DP
(E nada)

Chapa, dá um salve lá no povo
Te ver de novo faz eles reviver
Os pivetinho na rua diz assim:
Ei tio, e aquele zica lá que aqui ria com nós, cadê?

Chapa pode pá, tô feliz de te trombar
Da hora, mas deixa eu fala pr’ocê
Isso não se faz, se engana ao crer
Que ninguém te ame e lá
Todo mundo temendo o pior acontecer

Chapa, então fica assim, jura pra mim que foi
E que agora tudo vai se resolver
Já serve, e eu volto com o meu peito leve
Até breve, eu quero ver sua família feliz no rolê

Mal posso esperar o dia de ver você
Voltando pra gente
Sua voz avisar o quanto ama-te
Acende o riso contente
Vai ser tão bom, tipo São João
Vai ser tão bom, que nem reveillon
Vai ser tão bom, Cosme e Damião
Vai ser tão bom, bom, bom

Chapa, então fica assim, jura pra mim que isso foi
Agora tudo vai se resolver
(‘Vou mentir pr’ocê não, mano
Às vezes eu acho de bobeira um retrato lá em casa
O olho não aguenta não, enche de água)

Mal posso esperar o dia de ver você
Voltando pra gente
Sua voz avisar o quanto ama-te
Acende o riso contente
Vai ser tão bom, tipo São João
Vai ser tão bom, que nem reveillon
Vai ser tão bom, Cosme e Damião
Vai ser tão bom, bom, bom

Mais da Aldeia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *