Tiago Bettencourt – Se Me Deixasses Ser

Letra da música Se Me Deixasses Ser, do cantautor português Tiago Bettencourt

Se me deixasses ser
O sítio onde podes voltar
Depois do dia entardecer
Ou quando a noite te agarrar
O corpo forte de chegar
A casa de permanecer
A casa para regressar
Se me deixasses ser
Seja onde for

Se o filme fosse meu
Na luta contra o mal
Tudo o que te faz doer
Morria no final
E se o escuro não passar
E te cega como uma prisão
Vou-te resgatar
Lavar-te o coração
Se me deixasses ser
Se fosse eu a mandar
Fazia-te ver

Frente ao precipício
Juntos pela mão
Se hoje queres saltar
Eu quero ser razão

Se me fizesses crer
No sitio onde posso voltar
Para um dia entardecer
E quando a noite descansar
Na casa de permanecer
Na pedra que fazemos chão
Para me rever
Lavar o coração
Se me fizesses crer
Se fosse eu a mandar
Fazia-te ver

BOTAO-SEGUE2

Mais da Aldeia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *