António Zambujo e Miguel Araújo – Fui Colher Uma Romã

Eu quero ir pra cidade
Porque o campo me aborrece
Que eu lá na cidade tenho
Quem penas por mim padece

Fui colher uma romã
Estava madura no ramo
Fui encontrar no jardim
Aquela mulher que eu amo

Àquela mulher que eu amo
Dei-lhe um aperto de mão
Estava madura no ramo
E o ramo caiu ao chão

As pombas quando namoram
Pousam as asas no chão
Que é para os pombos não verem
O bater do coração

Fui colher uma romã
Estava madura no ramo
Fui encontrar no jardim
Aquela mulher que eu amo

Àquela mulher que eu amo
Dei-lhe um aperto de mão
Estava madura no ramo
E o ramo caiu ao chão

BOTAO-SEGUE2

Mais da Aldeia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *