Pedro Lucas – Tempo de Espera

Menina
Quando olhas para o passeio
Menina
Os novos montam o recreio
Menina
Ao chegares ao parapeito
Menina
As flores vestem-se à preceito

Amiga
Vais ficar só pela janela
Amiga
A pomba branca
Amiga
Vais ficar sempre a sorrir
Amiga
Assim nem vai dar para dormir

És dura a domar o leão
Fria, frente a frente à fera
Mas para quando esse coração
Para quê tanto tempo à espera
Tantos anos à janela
Sempre linda, querida Vera
Para quando esse coração
Para quê tanto tempo à espera

Morena
A gente Campo Alegra afora
Morena
Há quem espere mais de uma hora
Morena
Enchem quase o jardim
Morena
Olha que não é para me ver a mim

Amor
Se a rua nunca te vai ver
Amor
De que é que andas a viver
Amor
E quando a morte chegar
É aqui que te vai encontrar

És dura a domar o leão
Fria, frente a frente à fera
Mas para quando esse coração
Para quê tanto tempo à espera
Tantos anos à janela
Sempre linda, querida Vera
Para quando esse coração
Para quê tanto tempo à espera
BOTAO-SEGUE2

 

Mais da Aldeia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *