HMB – Naptel Xulima

Se inveja matasse,
Haveria quem caísse duro no chão,
Se a cobra me picasse,
Sugava o veneno,
Pra não ficar sem mão.

Liberta essa maldade,
Não há remédio
Para aliviar essa tensão.
Põe a mão na cabeça,
Não és juiz pra ditar a sentença.

Refrão:
Sê livre,
Sê livre!
Sê livre pra viver,
Não percas o tempo a chupar limão,
Sê livre pra viver
Vive a tua vida sem contradição.

Se o orgulho matasse,
Haveria quem caísse duro chão,
Se a corda rebentasse,
Ai com certeza que ias aprender a lição.

Então tu volta,
Não sejas azedo assim,
Vem sem demora que o tempo,
Não espera por ti.
E a vida é doce,
Doce p’ra te pôr a sorrir,
Por isso é que te digo.

Refrão:
Sê livre,
Sê livre!
Sê livre pra viver,
Não percas o tempo a chupar limão,
Sê livre pra viver
Vive a tua vida sem contradição.

Naptel Xulima
Tudo na vida rima,
Se prestares atenção (x2)

Mais da Aldeia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *