Coração de Pano – Sofá Velho

 

Letra:
Ando mesmo é sem vontade
de perambular qualquer caminho
queria mesmo é assistir a vida
do conforto do meu velho sofá

Talvez, um café e uma conversa boa
ainda possam me fazer sorrir, ainda possam me acalentar
Mas, o inferno de um olhar vazio
e o inverno de um beijo frio
é a solidão que eu não quero mais provar

A vida em débito ao tomar
mais um trá-
gico copo de ser humano
Aqui do sofá eu sonho mais devagar
eu sonho mais devagar

Talvez, um café e uma conversa boa
ainda possam me fazer sorrir, ainda possam me acalentar
Mas, o inferno de um olhar vazio
o inverno de um beijo frio
é a solidão que eu não quero mais provar

 

Mais da Aldeia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *